Conceição do Coité: 14 mortes violentas e nenhum caso está sendo apurado pela Justiça

O Cartório dos Feitos Criminais da Comarca de Conceição do Coité, informou que nenhum dos casos está sendo apurado pela justiça.

Foi realizado um levantamento e constatado que aconteceram 14 mortes violentas em Conceição do Coité no ano de 2013. Quase sempre, os assassinos agiram do mesmo modo, ou seja, em moto ou veículo com dados ignorados e deflagrando vários tiros contra as vítimas. Em alguns casos, a ousadia foi tamanha que os assassinos fugiram correndo e, mesmo assim, não foram presos em flagrante. Em apenas três casos, as vítimas foram mortas por espancamento ou atropelamento.

O Cartório dos Feitos Criminais da Comarca de Conceição do Coité, informou, através das certidões dos crimes, que nenhum dos casos está sendo apurado pela justiça, pois não foi apresentada a Denúncia pelo Ministério Público para que se pudesse dar início a Ação Penal para processar e julgar os acusados.

Segundo o Juiz da Comarca, Dr. Gerivaldo Neiva, a apuração de um crime de homicídio tem início com a instauração do Inquérito Policial pelo delegado de Polícia. Em seguida, com a conclusão e indiciamento dos culpados, o Inquérito é remetido ao Ministério Público para oferecimento da Denúncia, que é a peça processual que dá início a Ação Penal. Sem essas providências, observou o juiz, o Judiciário nada pode fazer para punir os assassinos. “Por esta razão, todos os casos de homicídios violentos em Coité no ano de 2013 permanecem sem solução por falta da Ação Penal no Cartório”, concluiu o juiz.

Fonte: Calila Notícias

G1 Notícias