Agência do Bradesco de Capim Grosso registra três dias seguidos de filas e aglomeração

Já virou rotina as agências bancarias registrarem filas em dias de pagamentos de aposentados e pensionistas, mas a agência do Bradesco de Capim Grosso, parece que esqueceu que existe uma pandemia e tem sido um padrão de atendimento filas e aglomerações no seu dia a dia.

A equipe do FR Notícias acompanhou desde segunda-feira, 07, a movimentação de clientes, pensionistas e beneficiários que utilizam a agência para receber ou fazer suas movimentações financeiras e o que constatou foi filas nos três dias seguidos, com pessoas se aglomerando dentro e fora do banco.

Durante as primeiras parcelas do pagamento do auxílio emergencial, enormes filas se formaram na Caixa Econômica, lotéricas e agências por conta de muitos procedimentos que precisavam ser feitos, mas passado esse período o problema aumentou na Agência do Bradesco em Capim Grosso. Muitos clientes e usuários tem reclamado da estrutura da unidade que já não suporta mais a quantidade de clientes e usuários e precisam melhorar e ampliar seu atendimento para que cenas como as que se tem visto não aconteça mais.

Os problemas que a pouca capacidade de atendimento que o Bradesco de Capim Grosso tem, vai na contramão dos que acreditam que bancos particulares tem um melhor atendimento, já que as reclamações sobre a agência são constantes e em meio a uma pandemia isso deve ser visto e analisado pelos órgãos municipais, pois também se trata de uma questão de saúde pública.

 

 

Redação FR Notícias