Diante de três novos casos comitê de combate ao covid-19 se reúne para discutir aglomerações nas ruas e festas em chácaras e sítios

 

Na tarde desta quarta-feira, 17, o Comitê de Combate ao covid-19 de Capim Grosso, se reuniu para discutir algumas pautas que preocupam a gestão e a Secretaria de Saúde do município, como número excessivo de pessoas nas ruas, além de festas em chácaras e sítios.

O coordenador da Vigilância Epidemiológico do município Maguibe Rangel, informou que uma equipe de agentes está indo de casa em casa, em todos os bairros para identificar pessoas com possíveis sintomas da covid-19, até o momento 112 pessoas já foram identificados com sintomas do coronavírus e já realização testes ou estão sendo monitorados. Com os três novos casos registrados hoje.

Mediante esses números e o que vem sendo relatado a Secretaria de Saúde diante de denúncias e ações de fiscalizações, o que vem preocupando as autoridades é número de pessoas circulando nas ruas sem necessidades e as festas que vem acontecendo de forma clandestinas em sítios e chácaras no município, tais atitudes podem levar prefeitura a decretar toque de recolher e determinar multas casos os munícipes sejam flagrados realizando este tipo de evento.

Prepostos da Polícia que estiveram presentes na reunião e relataram casos de eventos em chácaras com dezenas de pessoas, salientando que muitos casos se tratava de pessoas de classe média alta com bastante acesso a informação e bom poder aquisitivo o que não justifica a atitude.   

Uma equipe de coordenação da Prefeitura ficou de analisar medidas que poderão ser implantadas já a partir de amanhã, 18, não sendo descartado um toque de recolher na cidade.

Em relação aos casos a secretaria emitiu a seguinte nota:

Capim Grosso registra mais três casos de Coronavírus

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que, nesta quarta-feira dia 17 de Junho de 2020, foi notificado e confirmado 03 (três) casos POSITIVOS para o Coronavírus-COVID-19.

O primeiro caso trata-se de um homem morador do Bairro Sacramento, com entrada nesta quarta-feira (17) na UPA/unidade COVID-19 com agravamento de sintomas iniciados dia 03/06 (quarta-feira). O mesmo foi regulado para o Hospital Regional em Jacobina, e será acompanhado pela Secretaria de Saúde através de boletim.

O segundo caso trata-se de uma mulher, moradora do Bairro Sacramento, contato de paciente positivo para COVID-19, informado anteriormente, dia 15/06 (segunda-feira). A mesma evolui bem, e encontra-se em isolamento em residência.

O terceiro caso trata-se de um homem, morador do Bairro Novo Oeste com entrada nesta terça-feira (17) na UPA/unidade COVID-19. O mesmo apresenta quadro estável, sendo monitorado pela Equipe de Saúde em domicílio.

Onze testes foram realizados, onde oito deram negativos e três positivos.

Ressalta-se que os dados são dinâmicos e na medida em que os casos ocorrerem, estaremos informando à população.