Imagem mostra PMs agredindo homens durante confusão em frente a UPA de Capim Grosso

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que policiais agridem dois homens, na manhã da última terça-feira, 21, na frente da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Capim Grosso.

As imagens mostram os policiais tentando impedir que uma multidão entre na unidade de saúde. Em determinado momento do vídeo é possível ver um dos homens, vestido de camisa cinza e calça jeans, sendo agredido por dois policiais, mesmo quando já estava caído no chão.

Os dois homens que foram agredidos se tratam do irmão e sobrinho do mototaxista Ezimar que são pai e filho, segundo populares eles tentaram entrar na UPA, e acabaram sendo agredidos no momento em que era prestado socorro à um deles.

De acordo com informações o irmão de Ezimar passou mal no local em que o corpo foi encontrado e teve que ser socorrido para a UPA. Um sobrinho de Ezimar ajudou a socorrer e no momento em que foi entrar na unidade para que o pai fosse atendido, o mesmo acabou sendo agredido por alguns policiais militares. O irmão de Ezimar, que estava sendo socorrido, ficou caído no chão, enquanto o filho dele, que prestava atendimento, foi atingido no rosto, e mesmo caído continuou sendo agredido.

Segundo informações da Polícia Militar, o caso aconteceu após dois homens, que são suspeitos de matar um mototaxista durante um assalto, serem espancados por populares nos bairros do Planalto e Novo Oeste, em Capim Grosso.

De acordo com a PM, a dupla foi socorrida pelos policiais militares e levadas para a UPA de Capim Grosso. O órgão informou que um grupo de motociclistas, acompanhado de outras pessoas, foi até a unidade de saúde para se vingar dos dois suspeitos.

O órgão informou que os policiais precisaram fazer o "uso da força" para conter a agressividade e depredação da unidade médica. A PM também disse que o grupo danificou portas, janelas e a vidraça.

Ainda segundo a Polícia Militar, o latrocínio aconteceu na última sexta-feira, 17. O corpo do mototaxista foi encontrado pelos populares no bairro Novo Oeste.

Ainda segundo a PM, o latrocínio aconteceu na última sexta-feira, 17. O corpo do mototaxista foi encontrado pelos populares no bairro Novo Oeste na manhã de ontem (21), após populares capturar um dos envolvidos na casa de sua genitora, onde o mesmo após ser agredido, confessou onde estava o corpo de Ezimar.

Os dois indivíduos foram encaminhados para a delegacia de Jacobina.

 

 

Redação FR Notícias com informações G1BA