Acusados de envolvimento no assalto a Ezimar são levados a UPA e clima fica tenso

Centenas de pessoas revoltados cercaram a UPA de Capim Grosso, por volta do meio dia desta terça-feira, 21, ao serem informados que dois dos acusados de praticarem o latrocínio a Ezimar estavam na unidade recebendo atendimento antes de serem conduzidos para Jacobina.

Mototaxistas e população em geral tentaram invadir a UPA 24Horas, para linchar os acusados, mas foram impedidos pela polícia, após o grande tumulto o diretor da UPA informou que os dois indivíduos já teriam sido transferidos para Jacobina e pediu ponderação pois havia outros pacientes na unidade.

Na segunda-feira, 20 uma outro homem foi detido acusado de ser comparsa e ajudar na fuga dos três envolvidos.

Até o momento dois dos três elementos acusados de estarem envolvidos diretamente na morte do motoboy já foram capturados, um nas proximidades do Planalto e outro na comunidade do KM2, um outro suspeito considerado o mais perigoso ainda está solto, uma equipe de mototaxista estão auxiliando a polícia nas buscas, a última informação que tiveram dão conta que o mesmo seguia sentido Itatiaia.

Segundo informações Ezimar foi amarrado e morto a pauladas, havia também perfurações de possivelmente arma branca e o corpo estava em estado de decomposição avançado.

A qualquer momento mais informações!

 

 

Redação Fr Noticias