Prefeitura de Capim Grosso realiza o Sarau Social de alerta à Violência Contra a Mulher

Na noite da última quarta-feira dia 28, a Secretaria de Assistência social realizou o primeiro SARAU SOCIAL na Praça Otaviano Ferreira. O intuito do SARAU que contou com participação cultural é conscientizar tanto o homem quanto a mulher que a violência não é apenas física mais também psicológica e que relacionamento abusivo também é um ato de violência.

“A Secretaria está desenvolvendo ações de conscientização não apenas no mês de agosto que é denominando de “agosto lilás” mas durante todo o ano, através do CRAS que é proteção e do CREAS que é o Centro de Referência Especializado e toda a Secretaria que em rede está nessa luta contra a violência contra a mulher”, comentou Hosana Ferreira.

“No município temos nove núcleos que através do centro de convivência CRAS atendemos mais de quinhentas pessoas entre mulheres, crianças e idosos. Contamos com psicólogos, assistentes sociais e orientador jurídico. “O SARAU está sob a coordenação de Josenita Santos”. Disse a secretária.

LEI Nº 11.340, DE 7 DE AGOSTO DE 2006.

Cria mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do § 8º do art. 226 da Constituição Federal, da Convenção sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação contra as Mulheres e da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher; dispõe sobre a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; altera o Código de Processo Penal, o Código Penal e a Lei de Execução Penal; e dá outras providências.

ASCOM PMCG