ACAPA realiza passeata em defesa dos animais de rua em Capim Grosso

Na manhã deste sábado 20, aconteceu uma passeata pelas avenidas da cidade de Capim Grosso em defesa dos animais, com o intuito de chamar a atenção dos poderes públicos para o descaso contra os cães e gatos de rua no município. Em cartazes os manifestantes reivindicam do poder executivo municipal, que execute com urgência as propostas já aprovadas no legislativo, dentre elas: A criação de Departamento de Proteção e Bem Estar Animal com veterinário; A implantação do Programa de Castração de Animais Domésticos (cães e gatos).

Folhetos foram distribuídos para a população, com o intuito de convidar as pessoas para a passeata. No panfleto há um texto escrito pelo Vereador Nanal Vilas Boas, na qual o mesmo relata a omissão da gestão do município em implantar políticas públicas para conter o aumento de cães de gatos nas ruas, mesmos com algumas propostas já aprovadas (citadas anteriormente).

“O crescimento descontrolado de animais de rua e de animais sem o devido cuidado dos donos está explicito por todos os bairros de Capim Grosso, e requer uma tomada de iniciativa pública para a situação. Alguns municípios do Brasil cientes da sua gravidade e entendendo que são de suas competências, já começaram a implantar políticas públicas para conter o aumento indesejável de cães e gatos pelas ruas de suas cidades: más a gestão do município de Capim Grosso tem se omitido ao debate, demonstra não querer reconhecer o problema e não quer discutir as propostas que podem amenizar a situação”.  Relatou Nanal.

O vereador ainda comentou sobre os voluntários que mesmo sem condições financeiras ajudam os animais de rua “Já é preocupante o número de animais nas ruas de Capim Grosso. O pior é que estes voluntários que não tem nenhuma obrigação de fazer o que fazem, já não tem mais como continuar, e se não fosse por eles (pessoas sem dinheiro) que tem buscado ajuda de castração, a situação de Capim Grosso seria muito mais grave”.

O FR Notícias e o Folha Regional, em diversas matérias já divulgadas, menciona sobre este descaso em relação aos cães e gatos do município, na qual precisa-se de um ambiente propício, castração adequada, sendo essa uma forma de conter a procriação e também diminuição de doenças que podem ser transmitidas através das fezes e carrapatos.

A vacinação é de suma importância, pois estes animais de ruas que provavelmente não são devidamente vacinados podem contrair graves doenças, tais como, Panleucopenia, Rinotraqueíte, Calicivirose, Clamidiose, Raiva e Leucemia Felina (FeLV), algumas podem contaminar além felinos e caninos, as pessoas. Por isso deve-se haver programas voltados para cães e gatos de rua, pois podem interferir direta ou indiretamente na saúde da população.

A entidade formada por voluntários que cuidam de animais de rua, a ACAPA, organizadora da passeata, na qual neste dia 20, data em que se comemora o Dia Internacional do Amigo, a mesma pede para quem quiser e puder, adote um animal, doe um saco de ração, ou patrocine com R$ 100,00 reais para se castrar um animal sem dono, ou de pessoa muito pobre. Caso queira ajudar de alguma forma, entre em contato pelo Whatssapp (74) 99190-9508. Desta maneira você vai esta contribuído com a diminuição do abandono e da fome destes animais que precisam de ajuda.

 Redação FR Notícias