Projeto Cisternas garante armazenamento de água para agricultores de Capim Grosso

Agricultores do município de Capim Grosso, estão celebrando a conquista da água para beber e cozinhar que está chegando através do Projeto Cisternas de Consumo Humano - Primeira Água.

O Projeto Cisternas é fruto de um termo de cooperação entre o extinto Ministério do Desenvolvimento Social, o Consorcio Público Jacuípe, o município de Capim Grosso, através da Secretaria de Agricultura e Instituições da Sociedade Civil, tendo como executora a Fundação de Apoio à Agricultura Familiar do Semiárido da Bahia.

O projeto atenderá 80 famílias com cisternas placas, com capacidade de até 16 mil litros de água, o que, em média, supre a necessidade de consumo de uma família de cinco pessoas por um período regular de estiagem (em média, de oito meses).

Para o Secretário de Agricultura, Ricardo, a cisterna é uma tecnologia importante para a captação e armazenamento de água da chuva, e representa uma solução de acesso a recursos hídricos para a população rural de baixa renda, que sofre com os efeitos das secas prolongadas ou falta de acesso regular à água.

ASCOM PMCG