Latrocínio de mototaxista é elucidado e autores são presos pela Polícia Civil de Coité

A Polícia Civil de Conceição do Coité após minuciosa investigação conseguiu prender três indivíduos na manhã desta quinta-feira, 26, suspeitos de envolvimento no crime de latrocínio que teve como vítima o mototaxista Gilmar Santos Araújo, o mesmo desapareceu após atender a uma corrida para região da Fazenda Nova América no dia 14 deste mês (março) e foi encontrado morto três dias depois próximo ao lixão do Povoado Goiabeira – Coité.

Segundo a Polícia Civil foram iniciadas as investigações do crime e a especializada tomou conhecimento que a motocicleta da vítima estava anunciada a venda no Mercado Livre e os agentes do Serviço de Investigação (SI) da Delegacia de Coité chegou ao responsável pelo anuncio e apreendeu o veículo e conduzindo aquele que o estava comercializando na Goiabeira, mesmo local de onde foi encontrado o corpo da vítima.

Ainda segundo a PC, o primeiro individuo informou que havia comprado a motocicleta posteriormente ao crime, mas não conhecia a origem ilícita do veículo. Este então levou os investigadores até um homem que havia lhe vendido o veículo, ao chegar encontrou o mesmo com outra motocicleta suspeita de adulteração e foi conduzido e, ao ser interrogado, admitiu participação no crime, apontando terceiro indivíduo como autor principal.

A Polícia Civil informou que de posse dessas informações, a delegada titular Ludmila Andrade Araújo  representou pela Prisão Preventiva dos dois autores, sendo decretadas pelo judiciário local e no final da manhã de hoje, os policiais civis montaram campana próxima à residência do terceiro investigado e conseguiram  realizar sua prisão assim que o mesmo chegou no imóvel. No depoimento ele também confessou participação no crime, ficando os dois autores custodiados na Delegacia.

O primeiro homem que a Polícia Civil tido como responsável da venda da moto no Mercado Livre foi liberado após o depoimento. Segundo a delegada foi comprovado que ele não tinha envolvimento.

 

Fonte: CN