Ações de combate ao furto de energia na região sisaleira desativa 2,3 mil ligações irregulares

A Operação Varredura da Coelba, realizada na Região Sisaleira da Bahia – que engloba os municípios de Serrinha, Conceição do Coité, Riachão do Jacuípe, Santaluz, dentre outros – nos meses de janeiro a julho deste ano 2019, inspecionou 4,8 mil unidades consumidoras. Os técnicos da distribuidora encontraram 2,3 ligações irregulares, que foram autuadas e desativas. A energia recuperada nas operações é suficiente para abastecer o município de Serrinha durante dois meses.

O furto de energia é crime, sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cuja pena pode alcançar até oito anos de reclusão. Além de representar riscos de acidentes graves à população, a energia furtada é paga por outros consumidores, através do repasse na tarifa de energia, conforme determina a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Para reduzir os riscos e o furto de energia, a Coelba possui programa constante de inspeções. As denúncias de fraudes e furtos podem ser feitas, de forma anônima, através do telefone 116.

 

 

Fonte: Ascom Coelba