Líder de facção em Feira morre em confronto com o COE

Ronilson Oliveira de Jesus, 40 anos, que também era conhecido como “Coroa”, “Rafael” ou “Zeca”, foi morto em confronto com a Polícia na manhã desta sexta, 27, em Vila de Abrantes, no município de Camaçari. O traficante foi socorrido para o Hospital Geral Menandro Faria, em Lauro de Freitas, onde foi constatada a morte.

 A operação foi comandada pelo COE da Polícia Civil. De acordo com um policial da alta cúpula da SSP, Ronilson estava com 500 quilos de pasta base de cocaína. Cada quilo custa em média 30 mil reais no mercado da criminalidade. Ou seja, o baque no tráfico de drogas chega a R$15 milhões.

O bandido era o líder da facção criminosa Caveira, em Feira de Santana e também atuava em Salvador. “Coroa” era acusado de tráfico de drogas, homicídio qualificado e formação de quadrilha. O bandido era um dos mais procurados da Bahia e integrava o Baralho da SSP.

Ronilson foi apontado em maio de 2015 como o mandante do motim que matou nove detentos no Pavilhão 10 do Presídio Regional de Feira de Santana. Mais de 70 familiares de presos passaram a noite na unidade como reféns.

 

 

Fonte: Informe Baiano, com imagens reprodução