Polícia Civil encontra ossada de jovem assassinado há mais de um ano em Feira

Policiais civis da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI) e da Delegacia de Homicídios (DH) encontraram uma ossada humana, na manhã da última terça-feira, 01, nos fundos do residencial Aeroporto, no bairro Santo Antônio dos Prazeres, em Feira de Santana.

De acordo com a delegada Daniele Mathias, titular da DAI, os restos mortais, possivelmente, é de Rafael Machado Filho, 29 anos, que estava desaparecido desde 23 de junho do ano passado. A localização foi indicada pelo acusado do assassinato, Marcos Vinícius Gomes, conhecido como Salvador, que na época era menor de 18 anos.

"Na manhã de hoje pegamos Salvador no Case Zilda Arns, onde está cumprindo medida protetiva por roubo, e ele nos acompanhou para indicar onde exatamente estava o corpo. Chegamos até a informação de que ele e outros três comparsas mataram Rafael e enterraram o corpo nos fundos do residencial, onde eles e a vítima moravam. Já tínhamos instaurado o procedimento de homicídio e ocultação de cadáver, e hoje concluímos a diligência achando esta ossada. Acionamos o Departamento de Polícia Técnica e, como este homicídio tem participação de menores e maiores de idade, a DH participou da diligência com a gente”, informou a delegada em entrevista.

Ela ressaltou que apesar da confissão do acusado, de forma clara, sobre como o homicídio foi praticado com a ajuda dos três comparsas, será necessário realizar o exame de DNA para confirmar que a ossada pertence à vítima. O acusado disse que o homicídio foi motivado por guerra entre facções.

Além do crime de roubo, pelo qual cumpre medida protetiva, Marcos Vinícius é acusado de cometer outros assassinatos na cidade.

 

 

Fonte: Acorda Cidade, repórter Aldo Matos