Prefeitura de São José realiza Audiência Pública sobre Finanças e Educação

Na sexta-feira, 26, a Prefeitura de São José do Jacuípe realizou uma audiência pública no salão da Câmara de Vereadores, onde esclareceu sobre as Finanças, Caixa de Previdência e Educação do município. O objetivo foi exercer a transparência com os gastos públicos e extrair opiniões da população, transformando o mandato em participação popular.

audpublicasaojose

Os advogados técnicos previdenciários, Jhonata Sousa e Jaime Cruz, abriram a Caixa de Previdência ao público presente, destrinchando os valores das receitas e despesas, desde a fundação até os dias atuais, explicaram que é necessário união para que o Governo Municipal possa cumprir com as obrigações e assim superar o déficit. Os advogados fizeram demonstrativos apontando saídas para a Caixa de Previdências e que os atuais funcionários possam estar resguardados. No bloco separado para o debate sobre as Finanças, o palestrante foi Gilmar Oliveira, que explicou os números e as qualidades dos gastos, “não basta falar em redução de despesas, o gestor tem de efetivar e buscar mecanismo de contenção”, disse. Lembrou que não importa quem contribuiu no passado para chegar a essa situação, pois quem responde é atual gestão. E novamente a união foi a palavra chave para a superação das dificuldades enfrentadas. Na área de Educação, a Professora Isabel, técnica em educação, esclareceu vários pontos do FUNDEB, lembrando de início que de 10 anos para cá, a profissão de professores vem sendo mais valorizada e o piso cresceu cerca de 140%. “O pacote de maldade de Temer congelou os recursos em 20 anos”, adiantou. Também apresentou números e a situação da prefeitura. Aconselhou que todos possam se despir de vaidades políticas e sindicais. “Quantos prefeitos têm a coragem que Erismar teve?”, gestão pública moderna é isso, estamos engatinhando para que trate o servidor com respeito”, continuou. “A coragem que Suzara teve é para poucos”, definiu. Também pediu a união da classe para que possam vencer as dificuldades juntos. A Secretaria de Educação, Suzara Rios, uma das responsável pela organização da Audiência Pública, comentou que alguns servidores estão se recusando a serem transferidos das escolas em que trabalham e isso vem dificultando, gerando a necessidade de contratações. O Deputado Estadual Alex da Piatã fortaleceu o discurso de união e coragem, sendo o caminho para encontrar a solução, “a matemática é uma ciência exata, não tem como receber 1000 e gastar 1100, a conta não fecha”, completou. O Prefeito Erismar Sousa encerrou o evento afirmando a confiança em sua equipe gestora e que a coragem é ponto principal da atual administração, que espera um ano de 2018 com muitas melhorias, e pessoas que estão fora não conhecem as dificuldades, os problemas e as prestações de contas. Disse que tem muita força de vontade para trabalhar, esperando um ano bem diferente. O Prefeito Erismar viu como positiva a participação popular com o plenário da Câmara lotado, informando que outras audiências devem acontecer em breve, para a transparência e maior participação popular do mandato.

ASCOM Prefeitura de São José do Jacuípe