JS NewsPlus - шаблон joomla Продвижение

Familiares de adolescente morto fazem protesto pedindo justiça

Na tarde desta terça-feira, 03, familiares do Jovem Edivan de 14 anos, morto na noite do dia primeiro de janeiro ainda sobre circunstância desconhecida segundo a polícia, fizeram um protesto interditando a Avenida ACM por alguns minutos. Familiares acusam a Guarda Municipal pela morte do adolescente, os mesmos afirmam que o jovem teria sido espancado pelos Gms.

O jovem foi apreendido em uma festa quando estava envolvido em uma briga, após ser contido pelos guardas Edivan teria sido levado para a UPA e no caminho teria passado mal, chegando na unidade já sem sinais vitais.

O  cartaz dizia assassino de menor e pedia justiça

O caso teve grande repercussão na sociedade Capimgrossense que espera que seja logo esclarecido e que se houver culpados os mesmos sejam responsabilizados.

O Dr. Humberto delegado de Capim Grosso já instaurou o inquérito para apurar os fatos, mas informou que só será possível afirmar a causa da morte após o laudo da perícia.

 Texto e fotos: FR Notícias